ESTE VAI SER UM ESPAÇO DE LAZER E DE BEM ESTAR... ESPERO QUE AO ABRIREM ESTE BLOG DE SINTAM BEM E O VISITEM MUITAS VEZES!

Quinta-feira, 24 de Maio de 2007
ALMA LIVRE

Alma Livre

A corda de prata se partiu.
Uma alma voa livre novamente, rumo ao seu lar brilhante.
Na Terra, ficaram os olhos da carne, esmaecidos, sem brilho.
No além, estão os olhos espirituais, lúcidos, cheios de brilho imortal.
Seu corpo retorna às entranhas da Terra que o gerou.
Seu corpo espiritual retorna aos caminhos cósmicos que o geraram.
Nessa dança de morte e vida, o corpo é a roupa que cai, a alma é a estrela
que sobe.
No momento de transição, a alma é o raio que parte o casulo terreno em busca
de outros raios já livres.
Essa alma está livre!
Ela quer viver com novas luzes e realizar seu destino cósmico e imortal.
A vida na carne foi necessária, mas nada como voltar para casa, rever os
amigos, também livres, sem o tormento da carne.
No momento do divórcio com o corpo, essa alma tremeu, como muitas outras.
Oscilou entre o medo do desconhecido e a alegria da liberdade. Mas foi só
por um momento.
Uma luz bonita clareou suas idéias e ela se lembrou.
Sim! Ela se lembrou da verdade que todos na carne se esquecem: Não há morte!
Só há mudança de endereço evolutivo.
Então, ela olhou para o céu estrelado e chorou de alegria, agradecendo a
Deus pelo dom da vida.
Essa alma está livre!
Perante seus olhos libertos, as estrelas parecem mais brilhantes, o céu mais
azul e a realidade mais bonita.
Ela olha para baixo e vê seus familiares carnais chorando.
Ela sente pena da dor deles, mas não pode fazer nada.
Eles pensam que ela está morta e ela conclui que eles não sabem de nada.
Eles não se conformam com a perda. Porém, ela sabe que a separação é
temporária.
Eles também morrerão um dia. E, sem as algemas da carne para toldá-los,
certamente serão mais inteligentes e muito menos dramáticos.
Embora seja invisível para eles, ela lhes acena em despedida e parte de
volta para casa.
Ela está sorrindo muito, pois, se a família terrena ficou para trás, há, a
sua frente, a família cósmica a esperá-la, cheia de brilho e alegria.
As incontáveis estrelas do Cosmos, os olhinhos brilhantes de Deus no espaço,
saúdam a irmã que largou as vestes carnais.
Essa alma está livre!
E voa contente... de volta para casa!
Que todos saibam disso e parem de chorar.

 

 



publicado por KRIS às 11:05
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Segunda-feira, 5 de Março de 2007
ALMA LIVRE

Alma Livre

 

 

A corda de prata se partiu.
Uma alma voa livre novamente, rumo ao seu lar brilhante.
Na Terra, ficaram os olhos da carne, esmaecidos, sem brilho.
No além, estão os olhos espirituais, lúcidos, cheios de brilho imortal.
Seu corpo retorna às entranhas da Terra que o gerou.
Seu corpo espiritual retorna aos caminhos cósmicos que o geraram.
Nessa dança de morte e vida, o corpo é a roupa que cai, a alma é a estrela
que sobe.
No momento de transição, a alma é o raio que parte o casulo terreno em busca
de outros raios já livres.
Essa alma está livre!
Ela quer viver com novas luzes e realizar seu destino cósmico e imortal.
A vida na carne foi necessária, mas nada como voltar para casa, rever os
amigos, também livres, sem o tormento da carne.
No momento do divórcio com o corpo, essa alma tremeu, como muitas outras.
Oscilou entre o medo do desconhecido e a alegria da liberdade. Mas foi só
por um momento.
Uma luz bonita clareou suas idéias e ela se lembrou.
Sim! Ela se lembrou da verdade que todos na carne se esquecem: Não há morte!
Só há mudança de endereço evolutivo.
Então, ela olhou para o céu estrelado e chorou de alegria, agradecendo a
Deus pelo dom da vida.
Essa alma está livre!
Perante seus olhos libertos, as estrelas parecem mais brilhantes, o céu mais
azul e a realidade mais bonita.
Ela olha para baixo e vê seus familiares carnais chorando.
Ela sente pena da dor deles, mas não pode fazer nada.
Eles pensam que ela está morta e ela conclui que eles não sabem de nada.
Eles não se conformam com a perda. Porém, ela sabe que a separação é
temporária.
Eles também morrerão um dia. E, sem as algemas da carne para toldá-los,
certamente serão mais inteligentes e muito menos dramáticos.
Embora seja invisível para eles, ela lhes acena em despedida e parte de
volta para casa.
Ela está sorrindo muito, pois, se a família terrena ficou para trás, há, a
sua frente, a família cósmica a esperá-la, cheia de brilho e alegria.
As incontáveis estrelas do Cosmos, os olhinhos brilhantes de Deus no espaço,
saúdam a irmã que largou as vestes carnais.
Essa alma está livre!
E voa contente... de volta para casa!
Que todos saibam disso e parem de chorar.

 

 



publicado por KRIS às 11:34
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

mais sobre mim
AWARDS



AWARD

:: LINK-ME ::


myspace layouts, myspace codes, glitter graphics




=LINK-ME= =LINK-ME= href="http://cristaisdegelo.blogs.sapo.pt" target="_blank">
=LEVA-ME=

RELOGIO

CURSOR

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
pesquisar
 
calendário
contador
online Free Hit Counter
Free Hit Counter
links
tags

todas as tags

posts recentes

ALMA LIVRE

ALMA LIVRE

arquivos

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Junho 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

blogs SAPO